sábado, 17 de maio de 2008

O tempo existe?

Ao que parece sim, mas é efémero. O passado já não existe, o futuro ainda não existe e o presente é uma pequena porção do exacto nanosegundo em que levanto o dedo da tecla "o" quando acabo de escrever tempo. O nanosegundo seguinte é futuro, ainda não existe.O presente é a pequeníssima porção de tempo em que o cérebro dá ordem ao coração para bater mais uma vez, é um pequeníssimo fragmento do tempo que um colibri bate uma vez a asa, é efémero. O tempo existe mas é menos de um nanosegundo (10^-9 segundos).

9 comentários:

alex disse...

gostei desta reflexão. :)

Paulo disse...

E desta? :-))

Scarlata disse...

Nickao, o tasco deu o berro?
Desculpa se escrevo aqui masnao tenho o teu emal. Grazie ;D

Scarlata disse...

gasp... teclado de mrd!!!

Nick disse...

O domínio espirrou e estou a tentar renová-lo, mas o cabrão do registo on-line está a dar erro. Ando em conversações com os gajos. É caso para um dia, máximo.

Scarlata disse...

Oh supremo Deus das infonabiças, que o Olimpo te cubra de glorias!

beijinhos ;D

alex disse...

espirrou? este tempo está mau para constipações, está. nickotina, tu conserta-me essa cena, que eu não quero ficar orfã de fórum.

Nick disse...

Done.
Tinha criado um MBNet há uns anos e, por desígnios de um cabrão qualquer dos MBNets, estava meio desactivado, meio por desactivar. Esturriquei-o de vez e cozinhei outro.

Bora botar lá a faladura.

Pedro disse...

Hum, por acaso o tempo é não-linear e existe todo simultâneamente. Nós é que, como criaturas tridimensionais, não nos conseguimos aperceber disso.